• Ultimas postagens
    Acesse nosso blog
  • Treinamento
    3PS DO MARKETPLACE
  • Clique e acesse
    Entre em contato
    • Playtodigital
    • (13) 981898760 / (13) 99755-9198
    • contato@playtodigital.com.br
Como começar seu comercio eletrônico do zero?

Umas principais dúvidas que amigos, colega de trabalho e pessoas que quer ter uma renda extra ou um negócio proprio tem é como começar uma loja virtual, ou melhor um comercio eletrônico do zero?
Já adianto que é uma tarefa bem gostosa de se fazer para que curte de processos, para quem curte ganhar dinheiro, mas não é nada fácil, na verdade muito pelo contrário é bem trabalhoso e precisa que você tenha constância. Não seja o tipo de pessoa que inicia algum projeto, vê as primeiras dificuldades e desiste da ideia montar uma loja virtual. Existe um trabalho árduo de pesquisas de mercado, pesquisa de preços, viabilidade do produto, escolha do nicho, escolha dos fornecedores, escolha da plataforma, escolha dos meios de pagamento, serviços de logística, integrações, certificados de proteção de dados, layout da loja virtual, cadastro de produtos, realização de SEO na estrutura de cadastro de produtos, imagens , url, marketing digital, escolha das mídias onde terá presença de mercado e muito mais.
A primeira coisa que se tem que ter em mente é que não é só montar a loja virtual, pois loja virtual sem tráfego dificilmente sobrevive. Então por isso, se seguir os passos a passos para conseguir montar uma loja virtual.

1-) Você tem dinheiro para investir? Caso tenha pode pular essa etapa, caso contrário vou te dar algumas dicas para conseguir arrumar capital e iniciar o seu processo de implantação e escolha na sua loja virtual, vamos lá:

– Ande pela sua casa, casa do seus avos, amigos e encontre produtos que essas pessoas não queiram mais, então a ideia é utilizar plataformas gratuitas para vender essas peças, eu indico OLX, Mercadolivre. Faça seu caixa.
– Outra maneira é você inicialmente começar uma boa relação com seu fornecedor que você tenha fácil acesso ( da sua região). Solicitar ao mesmo tabelas de preços, cadastrar produtos que eles tenham sempre em estoque, fazendo isso , por exemplo dentro do mercadolivre você começa a criar uma certa relação dentro do ML com o ML.
– Abra um MEI e se cadastre em fabricantes/ distribuidores do mesmo estado que você. Se cadastre na Amazon e na b2w , cadastre toda tabela desses parceiros com um prazo de manuseio (cross-docking), esse prazo deve conter o tempo de faturamento do fornecedor + o tempo que a transportadora leva da empresa do parceiro até sua casa ou empresa, vamos dizer que a soma desses prazos resultam em 7 dias, então acrescente + 3 para que os correios possam atrasar, você possa receber, embalar e despachar.

Fazendo esse processo em um prazo de 4 à 5 meses possivelmente conseguirá um caixa de 5 mil a 20 mil reais.

2-) Escolha um nicho que você tem mais afinidade!
Dentro de marketplaces venda tudo que for possível, esqueça nicho. Já dentro de uma loja virtual para que você não se perca o ideal é trabalhar com no máximo 3 nichos diferentes, mas nichos que tenham relação. Pense o seguinte, é possível criar kits com os nichos que estou trabalhando? Se sim, então você pode trabalhar com esses nichos. Faça uma pesquisa de preços e mercado referente aos itens que você vai vender, veja com os fornecedores os preços e por fim veja se a conta fecha.

3-) Escolha uma plataforma que contenha todos os recursos e integrações necessárias para que você consiga trabalhar com a loja virtual e nao para a loja virtual.

4-) Não perca tempo nunca. Quando você utiliza a forma de pagamento direta com as adquirentes + uma tecnologia anti-fraude você acaba perdendo tempo, pois todo processo de venda acontecem com você de forma manual em que sempre tem que passar por sua consulta e por uma empresa anti-fraude, por isso indico que você trabalhe inicialmente com empresas intermediadoras de pagamento, como por exemplo: Pagar.me, Pagseguro, Paypal, Moip, entre outros, pois eles fazem todo processo financeiro e anti-fraude para ti e você fica totalmente sem se preocupar e focar no que é importante, pré-venda e pó-venda.

5-) Contratar transportadora acaba saindo caro pelo fato da transportadora querer um numero minimo de remessas que no inicio não existe. Então o ideal é fazer um contrato com os correios ECT que nao exija um pedido minimo de coletas. Ou você pode utilizar contrato de terceiros para realizar esses despacho: https://www.melhorenvio.com.br, essa empresa emite a etiqueta para você enviar o pedido.

6-) Depois que tiver todos esses pontos acertados o ideal é já cadastrar seus produtos com o máximo de técnicas SEO possível para ganhar um bom posicionamento, o ideal é acrescentar seu domínio no Google console para indexar no Google.

7-) Mix de produtos – aumente seu mix, pois quem anuncia mais é quem vende mais!

7-) Utilizar como estratégia entrar em todos os marketplaces do mercado:

  • Amazon;
  • Mercadolivre;
  • Cnova (Extra – Casas Bahia – Ponto Frio);
  • B2w (Americanas – Shoptime – Submarino);
  • Carrefour;
  • Webcontinental;
  • Magazine Luiza;
  • Buscape;
  • Elo7;
  • Cissa Magazine;
  • Madeira madeira;
  • Olist;
  • Zoom;
  • Buscapé;

Utilizando os marketplaces vocês aumenta o faturamento e lucratividade no minimo em 50%, sendo assim seu caixa começa a melhorar para que você fique menos preço a isso. O ideal é que sua plataforma seja integrada a um ERP e eu indico grandemente o bling, pois eles tem integração com todos os marketplaces, ou boa parte deles.

😎 trabalhar ativamente em midias sociais, Youtube e instagram sao considerados os maiores canais de ganhar trafego e através de palavras chaves você consegue ganhar seu público.

9-) Publicidade em Ads: adwords, Facebook Ads será pelo menos 60% do seu trafego, lembrando que conquistar o cliente sempre será mais caro que o cliente que ja compra.

Essas não algumas dicas muito boas para quem está começando e vale muito a pena seguir!

Post a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *